5 Passos Para Encontrar um Trabalho Gratificante

Temos mesmo de escolher entre trabalho que nos realiza pessoalmente, e trabalho que nos realiza profissionalmente? Porque não ter os dois?

Quer trabalhes num emprego ou por conta própria, quando passas a maior parte do teu tempo a trabalhar, ter um trabalho que seja gratificante e que traga um sentimento de realização pessoal é um dos maiores fatores para a nossa felicidade.

Artigo Relacionado: Farto de Sobreviver? Chegou a Hora de Viver

  • Senti muito isto quando tive de escolher um curso na Universidade: escolhi um curso sem saída profissional.
  • E senti muito isto mais tarde, quando emigrei e trabalhei num bar de Londres: aceitei o primeiro trabalho que encontrei, independentemente de não ser a minha área, de pôr em causa os meus valores morais, e de não me fazer sentir realizada.

Por isso, hoje dou-te algumas dicas que funcionaram comigo, em como encontrar um trabalho que te faça sentir bem, feliz e realizado tanto profissionalmente como pessoalmente. 🙂

O conceito de ter um trabalho gratificante, e não um trabalho qualquer simplesmente porque o dinheiro faz falta, é algo de que as pessoas têm mais consciência nos tempos mais modernos.

Artigo Relacionado: As 5 Formas de Riqueza

A verdade é que nos dias de hoje, em comparação com a geração dos nossos avós e até tempos anteriores, vivemos numa sociedade mais próspera, abundante e com mais oportunidades. Por isso, em relação ao trabalho, não importa apenas a remuneração monetária que recebemos, mas também no sentimento de realização pessoal que ele nos proporciona.

Precisamos de algo que tenha um significado para nós e que nos traga satisfação.

Artigo Relacionado: Uma Nova Era – Seres Pago Pelo Que Sabes

Há quem diga que isso é pedir muito de um simples emprego, e isso explica as “depressões de domingo à noite“, o clássico “odeio 2as feiras“, e o antecipar do fim-de-semana.

Escolhe um Trabalho que Adores,e Nunca Terás de Trabalhar Um Dia da Tua Vida

 

——————

Para ajudar nesta procura de um trabalho gratificante, aqui estão 5 passos para te ajudar a pôr coisas em perspetiva:

 

1- Saber que estar confuso em relação à escolha da tua carreira é perfeitamente normal.

Hoje em dia estima-se que haja mais de meio-milhão de opções de carreira por onde escolher! Isto normalmente provoca tanta ansiedade e preocupação em fazer a escolha certa que acabamos escolher algo à pressão, ou não fazer escolha nenhuma e fica-mo-nos pelo que aparecer.

Ainda para mais, tendo em conta que o sistema de ensino nos obriga a escolher uma área profissional numa idade tão tenra em que ainda nos estamos a descobrir a nós próprios.

Portanto, tem consciência que confusão perante tantas escolhas e medo de fazer a escolha errada e dar esse tempo como “tempo perdido” é natural.

Artigo Relacionado: Já Pensaste na Falta que a Falta de Tempo Faz?

Eu por exemplo, não fiz a escolha errada quando decidi trabalhar naquele emprego em Londres. Foi necessário eu passar pela experiência de trabalhar num bar em Londres para saber que não quero trabalhar num bar em Londres. Também foi necessário para eu descobrir a minha paixão pelo serviço, por ajudar pessoas em más situações, entre outras coisas que me levaram onde estou hoje.

E não precisas de entrar em pânico ou sentires-te mal contigo mesmo. Porque lembra-te, estás na início fase dos descobrimentos, estás a começar um processo de auto-descoberta e, por isso, não existem “escolhas erradas” ou “tempo perdido”. Tudo é uma lição que te leva um passo mais próximo de ti mesmo 🙂

 

2- Conhece-te a ti mesmo.

Para 99% de nós, saber o que queremos fazer para o resto da nossa vida não acontece espontaneamente, não sentimos um chamamento forte a nada em particular.

Isto não quer dizer que não temos gostos, preferências ou inclinações, mas quer dizer que não sabemos claramente o que são. Isto é altamente prejudicial porque, se não temos um plano, ficamos automaticamente à mercê de quem tem um.

Artigo Relacionado: Não Deixes Que Seja a Vida a Comandar os Teus Sonhos

Ao longo da nossa vida vamos tendo experiências em áreas diferentes, só temos de prestar atenção às que nos chamam mais alto.

Começa por pôr a questão do dinheiro e saída profissional” de lado por um momento enquanto ouves estes chamamentos. O medo da falta de dinheiro e escassez vão alterar a forma como os ouves e, consequentemente, afetar as tuas decisões.

Escreve, sem qualquer tipo de filtro, tudo o que já sabes que gostas de fazer. No meio de todas essas experiências agradáveis, vais conseguir definir algo que podes considerar seres TU no futuro

Artigo Relacionado: Conta-me o Teu Passado e Usa-o para Moldar o Futuro

 

3- Pensa bem.

Define o tempo que precisares para organizar as tuas ideias e escolher uma direção.

Tens de estar confortável o suficiente com a decisão que tomares, para ter a certeza que não passas o teu tempo a escalar a montanha errada. Constrói uma visão de ti mesmo no teu futuro. O que passas a maior parte do dia a fazer? Com quem? Como é que te sentes?

Artigo Relacionado: Como Usar a Imaginação para Atingir Objetivos

Mas ATENÇÃO! Não te percas em planos e pensamentos! Há alturas para pensar e alturas para agir…

Lembra-te do primeiro ponto: é normal ter medo e estar confuso. Mas se ficares à espera da altura perfeita e da oportunidade perfeita no trabalho perfeito, podes esperar sentado. “Altura perfeita” não existe, e vai chegar uma altura em que terás de dar o primeiro passo, ou continuar para sempre estagnado no mesmo sítio.

O que me leva ao próximo ponto…

 

4- Experimenta.

Podemos ter uma ideia acerca que como será o nosso trabalho ideal simplesmente ao visualizarmos como seria, mas precisas de dados, de sentir na pele o que é fazer parte desse mundo e desempenhar aquela função todos os dias.

Mantém-te fiel a ti mesmo, desafia-te, cresce, aventura-te, passa por todos os fracassos e sucessos que fazem parte da vida e aprende com eles, usando-os como uma alavanca que te puxa e não um peso que te prende.

Artigo Relacionado: Ao Não Arriscar… Vais Perder a Chance de Acertar!

É durante este processo que, não só ficas a conhecer melhor o trabalho em si, como também começas a conheceres-te melhor a ti próprio e à tua natureza.

 

5- Sê confiante.

Por vezes a diferença entre fracasso e sucesso é algo tão simples como ter a coragem e confiança de dar o passo.

Falta de confiança é apenas a falsa ideia que apenas algumas pessoas, e não tu mesmo, têm o direito ou são destinadas a ter certas coisas, ou fazer um certo trabalho. Não é verdade.

Artigo Relacionado: 7 Técnicas Simples para Nos Amarmos (Conceitos Básicos)

Tu escreves o teu destino e tu defines o futuro que queres ter, e apenas uma pessoa confiante em si e nas suas capacidades consegue encher o peito de ar e fazer o que tem de ser feito para o conseguir.

 

 

———————-

Estes são alguns passos que me ajudaram a chegar onde estou, trabalhando de forma independente e com a Tribo, seguindo o caminho que defini para mim mesma. Chamo ao meu trabalho “Biar” 🙂 É o meu nome (Bia) transformado em verbo. O ciclo constante de auto-descoberta, expressão e realização pessoal e profissional.

Artigo Relacionado: Evento R-Evolution – Mudar Resultados Mudando Pessoas

 

Na imagem abaixo ficam mais umas dicas 🙂

Como Encontrar o Teu Propósito

E isto devia ser a tua maior prioridade!

A pior coisa que te pode acontecer no fim da vida, é olhar para trás e te arrependeres do legado que vais deixar.

Lembra-te: O projeto maior e mais importante em que estás sempre a trabalhar és tu mesmo, seja de forma consciente ou inconsciente… Para isso, mais vale te desenvolveres conscientemente na direção que tu queres, não achas?

Abraço,

Por: Bia Gabriel e Alex Pereira
Guru Instantâneo O Método Subversivo para seres RECONHECIDO, APRECIADO E PAGO por aquilo que ÉS, SABES e GOSTAS DE FAZER.
Se te sentes preso e anseias por uma vida diferente, mais realizada, gratificante e abundante, temos aqui um presente feito a pensar em ti 🙂 Clica na Imagem para descarregar a tua cópia grátis!

Gostaste deste artigo? Provavelmente também vais gostar destes!
>> Ativa, Persiste, & Sê Intenso: Um Guia Simples para Motivação
>> 7 Dicas para Ajudar a Esmagar o Teu Pavor a Correr Riscos
>> Dicas Rápidas e Motivadoras para Empreendedores Novatos
>> Como Lidar com a Frustração Tornando-a Numa Aliada
>> 50 Perguntas Mágicas que Te Abrem a Mente

Save

Save

Save