Há Uma Vida Alternativa Possibilitada Pela Nova Liberdade Digital

Nasceu um novo tipo de liberdade proporcionado pela Internet e novas tecnologias: a Liberdade Digital.

Poucas pessoas e organizações conhecem e exploram o alcance deste novo tipo de liberdade, e por isso poucos tiram dele todos os benefícios que poderiam retirar.

Artigo Relacionado: A Liberdade Está a Passar Por Aqui…

Empresas, estados, bancos e instituições baseadas em cimento perdem poder e ganham poder os “underdogs”, os desfavorecidos de antigamente.

São eles: os profissionais independentes, empreendedores, profissionais apaixonados pelas suas profissões mas desvalorizados pelas hierarquias, homens e mulheres das terapias, da espiritualidade, da criatividade, das artes, visionários com ideias “absurdas” em quem ninguém acredita e que era constantemente afastados pelos donos dos sistemas financeiros, de comunicação ou donos do marketing de massas.

Estamos no início de uma era nova, de uma nova liberdade, pela primeira vez ao alcance de praticamente toda a gente.

Artigo Relacionado: Uma Nova Era – Seres Pago Pelo Que Sabes

Há um erro fatal que cometem a maioria dos  micro e pequenos empresários:

Um bom produto vende-se sozinho.

Os profissionais de carreira e empregados dedicados e cheios de valor cometem este mesmo erro com outra formulação:

Um dia hão-de reconhecer o meu valor e terei aquela promoção, ou aquele reconhecimento, ou aquele bónus.

As pessoas que vivem do seu talento, como artistas, terapeutas, autores igualmente:

Uma dia alguém me descobrirá a mim e ao meu talento e me abrirá um mundo e oportunidades.

Os profissionais liberais em geral cometem este mesmo erro quando pensam e dizem coisas deste estilo:

Se eu for mesmo competente nunca me irão faltar clientes.

Não entenderam ainda o básico do mundo: quem está no topo da mente do seu público tem sucesso. Quem está esquecido, fracassa.

E não tem nada a ver com ter o melhor produto ou serviço e ser o mais talentoso. Tem a ver com estar presente nas mentes das pessoas que consomem o teu produto ou o teu serviço.

Por isso vemos tantas pessoas talentosas mas fracassadas economicamente.

Por isso vemos tantos produtos fantásticos apodrecerem nas prateleiras e

Por isso vemos pessoas de muito valor serem monosprezadas e exploradas, enquanto outras, menos valiosas aparentemente terem praticamente o mundo a seus pés.

Artigo Relacionado: Os 7 Mitos do Internet Marketing

Estes erros foram cometidos durante décadas e realmente mão havia muita solução para um micro-empresário ou para um profissional competente ou artista, autor ou provedor de serviços.

Todos os meios de comunicação estavam nas mãos de grandes empresas e requeriam enormes recursos financeiros.

Canais de televisão, jornais, revistas, estações de rádio eram os únicos recursos para comunicar em massa e detidos por grandes empresas que poderiam vender espaço de comunicação por preços exorbitantes e proibitivos para qualquer micro-empresário, profissionais ou empreendedor.

Equipamentos muito complexos e tecnologia muito cara e complicada: Câmaras fotográficas e fotografia de qualidade, câmaras de vídeo, workstations de edição de vídeo, reprodução de cassetes ou dvds, distribuição desses suportes para chegarem às pessoas…. completamente proibitivo, tanto pelos custos como pela logística.

Lembro-me de pagar 250 euros por um anúncio a preto e branco, em 1/4 de página de um jornal que era lido por umas 10 ou 15 mil pessoas, e das quais veriam o meu anúncio talvez umas 500 ou 1000 (impossível saber).

Agora Imagina Este Cenário:

1- Tens um smarphone que te custou 300 euros por exemplo e uma mensalidade de Internet e telefone de 30 euros:

Ali tens uma câmara fotográfica com “rolos ilimitados” (valor antigo: incalculável, mas imaginemos: 1000 euros)

Ali tens uma câmara de vídeo HD (valor antigo mínimo: 2500 euros)

Tens também um telefone e chamadas ilimitadas.

Tens uma enciclopédia com todos os assuntos que há (valor antigo exemplo: enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura: 3000 mil euros)

Tens também Apps gratuitas para edição de vídeo e áudio e fotos (valor antigo de uma workstation para edição de vídeo (sd e não hd que não existia: 15 mil euros + um profissional treinado para a operar: 700 euros por mês salários da época )

Se tens uma conta no YouTube, tens um canal de difusão de vídeo no youtube (grátis). Preço antigo: centenas de milhares de euros.

Se tens um blog ou pelo menos uma conta no Facebook, tens um jornal próprio grátis (preço antigo: centenas de milhares de euros).

Antigamente terias de gastar centenas de milhares de euros para teres a tecnologia e as oportunidades que tens hoje de fazer chegar uma mensagem a multidões de pessoas.

Só precisas saber como usar essas ferramentas e essa tecnologia entendendo como funciona o mundo digital e como as pessoas se comportam nesse mundo.

A Economia Digital traz mudanças que poucas pessoas ainda entenderam.

A principal é que hoje, uma pessoa individual, na sua casa num fim-de-mundo tem a possibilidade de criar um verdadeiro império online, proporcionando o encontro entre as pessoas que desejam algo e esse algo.

Artigo Relacionado: Como Abrir um Negócio na Internet com Pouco Dinheiro e Sem Experiência

Como é que sabemos? Porque é o que nós fazemos na Tribo e na Universidade da Tribo.

Hoje, uma pessoa individual, com valor pessoal, pode ter um impacto no mundo maior do que a maior das multinacionais tinham há 40 anos atrás.

Hoje uma pessoa comum, com uma ideia, uma paixão, um talento ou uma vontade só trabalha para um patrão se quiser.

Hoje, a Economia Digital proporciona uma Nova Liberdade, completamente desconhecida ainda por quase toda a gente porque ainda não se deram conta do “elefante no meio da sala”.

Este é o elefante, que todos vêem porém fazem de conta que não vêem pois não saberiam o que fazer com ele: A ECONOMIA DIGITAL a que chamamos o MARKETING PESSOAL DIGITAL.

  • Tens uma ideia?
  • Tens um projeto que te apaixona?
  • Amas o que fazes mas não gostas do que ganhas?

Queres partilhar as tuas ideias ou fazer as tuas perguntas? Usa os comentários abaixo.

Por: Rui Gabriel

 

 

 


Gostaste deste artigo? Provavelmente também vais gostar destes!
>> Evento R-Evolution: Mudar Resultados Mudando Pessoas
>> Pensa em Grande
>> Empreendedora Independente Fala dos Seus Resultados com o Método da Tribo
>> 5 Passos para Encontrar um Trabalho Gratificante
>> Afinal o Que Mudou em Nós com a Entrada na Comunidade da Tribo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *